In the end it's all nice

segunda-feira, março 13, 2006

Aguardando ansiosamente por...

V for Vendetta, de James McTeigue



- É baseado numa graphic novel do Alan Moore;

- A adaptação (já referida como a mais fiel e literal a uma graphic novel do Alan Moore) foi feita pelos irmãos Wachowski;

- Se bem que com um corte de cabelo radical, conta no principal papel com a Natalie Portman;

- Está a ser muito bem recebido por quem já o viu (
http://www.imdb.com/title/tt0434409/, http://www.rottentomatoes.com/m/v_for_vendetta/).

Estreia em Portugal prevista para dia 23 deste mês.

1 Comments:

Anonymous o dono da loja said...

Mais uma vez, uma série do Alan Moore é adaptada ao cinema. Depois de From Hell (a sua obra prima), com Johnny Depp e League of Extraordinary Gentleman, com Sean Connery, vem V for Vendetta. Alguns defendem que esta sim é a obra máxima de Alan Moore. Eu acho que é a terceira, depois de From Hell e Watchmen (que já anda há ANOS para ser adaptada ao cinema, e parece que é desta que vai ser...). Como sempre, Alan Moore rejeita qualquer responsabilidade relativamente aos filmes. Afirma o deus Moore que são obras de arte separadas e que por isso não devem ser associadas de qualquer forma. Moore nem sequer VIU quer From Hell, quer League(...).
A grande celeuma deste filme prende-se precisamente com o facto de que Alan Moore ficou super-irritado quando um dos responsáveis pelo filme teve o descaramento de dizer que o deus Moore GOSTOU do filme. Moore não o viu, nem o verá (segundo ele). Assim, impediu o seu nome de sequer aparecer no poster do filme, coisa que aparentemente não aconteceu em algumas versões do mesmo, como a francesa e a alemã.
Resultado, Alan Moore deixa (mais uma vez, diga-se de passagem) de escrever comics para a DC, editora que pertence à Warner Brothers, a casa mãe da produtora do filme.
Em todo o caso, o argumento original promete. Já o li há muito tempo e ADOREI (apesar de o achar menor que From Hell e Watchmen), e os realizadores tiveram já, pelo menos,um bom filme (Matrix) antes de entrarem de desvarios religiosos com as duas sequelas desse bom filme. Veremos. E claro, ter a Natalie Portman, também ajuda!

9:40 da manhã, março 15, 2006

 

Enviar um comentário

<< Home

 
online